domingo, 27 de maio de 2012

O que é um dish cloth? e um wash cloth? Update

Semana passada recebi uma visita muito legal de uma moça de fora que havia perdido o tricô no avião creio que vindo para cá (lamentavelmente, o projeto se tratava de meias em agulhas circulares de bambu. Imaginem se eu não choraria se me acontecesse uma coisa trágica dessas, perdoem a futilidade dramática de uma tricoteira viciada). 
Então estávamos lá falando sobre tricô agulhas e afins, e ela mencionou que ás vezes fazia dish cloths e wash cloths e presenteava.  E o que é um dish cloth? e um wash cloth? 
Nada mais que paninhos de pia e paninhos de banho respectivamente.  São feitos em tricô ou crochê, em substituição à esponja  para uso tanto no banho (wash cloth) como na cozinha (dish cloth) .Eles são úteis também para lavar o rosto. Nesse último caso eles são confeccionados menores, em forma de esponjinhas. Pode ser feito em crochê também.
Lembrei que Mammys sempre reclamou  de arranhar a pia na hora de lavar as panelas  e  achei que um paninho desses para servir como apoio viria a calhar. Peguei um  novelinho  de lã Família, puxei um fio de dentro, juntei com o de fora, montei em agulhas circulares número 7 de  40cm, e pus-me a tricotar meu primeiro dish cloth. Foram 37 pontos trabalhado sem meia hora e ficou assim:
Ultimamente , meu tricô não pode ser só por mera distração, ou só para cumprir um prazo. Uma vez que vou me dedicar a ensinar preciso estar afiada tecnicamente. Então aproveitei para treinar  uma montagem diferente e um arremate pouco usual também, embora os meus preferidos.
Então usei a montagem tubular, bem explicadinha
Abaixo notem que eu não arrematei ainda. E só porque vou usar o arremate italiano
que  essa moça ensina lindamente
Ok, definidos os acabamentos iniciais e finais, é claro que eu também tinha que trabalhar a borda de maneira que tudo ficasse perfeitinho. Então  trabalhei o ponto de borda que eu ensino AQUI .
Isso tudo em um tamanho maior resultaria em um cachecol masculino. 
Lembrando que dia dos namorados está chegando e o frio já chegou aqui na capital e se meus ossos de tricoteira não me enganam vai gelar por aqui esse ano. Então use e abuse das técnicas  sugeridas e teça um cachecol para seu bem.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Pelerine de tricô com argola

Como  prometido, toda semana teremos uma receita em homenagem a uma das amigas que compram comigo no Armarinho Milano. Hoje  é a vez da Nalva. Como já é quase sábado e nada de receita, ela tá lá de plantão no facebook me cobrando. Pronto, amore, tá aí sua encomenda.

Você vai precisar de um fio grosso, como o Big ou o Moonlight da Cisne, agulhas número 10 e 18, uma argola  semelhante a da foto.
Tem tudo aí? Então mande ver:

Monte 12 pontos diretos na argola, usando uma agulha número 10.
Na segunda carreira faça: *1 tricô, 2 laçadas, 1 tricô, 2 laçadas*, termine com 1 tricô.
Faça a terceira carreira toda em tricô. Note que você obteve 24 pontos alongados por conta das laçadas.
Mude para agulhas número 18 e faça na quarta carreira: 1tricô, 1laçada, 1tricô , 1laçada*,termine com 1 tricô.
Faça a quinta carreira em tricô.
Repita a quarta e a quinta carreira até que a peça dê a volta nos ombros.
Faça uma carreira pegando 2 pontos juntos em tricô. Você obterá 12 pontos novamente. Não arremate.
Com a ajuda de uma agulha de tapeçaria bem grossa prenda os pontos do outro lado da argola, de maneira que fique bem semelhante à montagem dos pontos.
Corte as pontas e é só usar assim em cima de uma pecinha sequinha e de cor básica.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Gola em tricô


Você vai precisar de 2 novelos do Fio Fábula da Pingouin.
Monte 20 pontos em agulhas 8. 
Faça 8 cordões de tricô (Conte os cordões pelo direto e avesso: tem que ter 8 de cada lado.)
Aumente com laçada um ponto entre cada ponto. Você obteve 41 pontos.
Aumentados os pontos teça por mais 20 cordões de tricô contados tanto de um lado quanto de outro.
Na próxima carreira você vai reduzir o número de pontos para 20 outra vez da seguinte forma:
1 tricô, deixe cair um ponto; 1 tricô, deixe cair um ponto; 1 tricô, deixe cair um ponto; 1 tricô, deixe cair um ponto*. Faça isso até o final da carreira. 
O último ponto deve ser em tricô. E você tem outra vez, 20 pontos.
Faça mais outros 8 cordões de tricô e arremate. Na parte onde você teceu com mais pontos, proceda utilizando a técnica do tricô mágico explicada AQUI, EM VÌDEO.  O vídeo termina AQUI. Claro que você percebeu que a peça cresceu um bocado, não foi?
Estenda a peça e dê uma única torcida, junte as pontas e costure com agulha de tapeçaria conforme o esquema abaixo. A peça é linda e postarei fotos mais tarde.
 Escrevi essa receita para Cristina, minha cliente querida no Armarinho Milano. 
Toda semana vou dedicar uma receita ou um modo de fazer a uma das amigas que compram lá. Edinalva, Júlia e Lili, vocês são as próximas. 
Beijos da Hilda.


domingo, 6 de maio de 2012

Vitória Quintal vem aí!

Depois do sucesso que foi o evento com
Noemi Fonseca , que trouxe uma infinidade de peças lindíssimas, 
vem aí nossa querida Vitória Quintal.
A supor pelas maravilhas da coleção 
2012 da  Coats Corrente  e da inspiração que a moça costuma ter, será imperdível!
Ei, garanta sua vaga antes que esteja lotado.
Inscrições gratuitas nas lojas do Armarinho Milano do Conjunto Nacional.