domingo, 24 de junho de 2012

Uma gola fácil em tricô.

Ou duas golas fáceis em tricô.
A moça que me abençoou com a receitinha genial dessa semana, está no Ravelry, Etsy e Pinterest e faz parte de 70 grupos ligados ao tricô e ao crochê. Chama-se Sara Kay Hartmann e oferece em seu site algumas receitas grátis assinadas por ela. Achei super interessante o que ela conta sobre sua relação com o tricô:"
Quando criança, eu achava que era impossível quando se trata de artes e ofícios. Minhas mãos nunca pareciam perceber as idéias na minha cabeça. Isso tudo mudou quando eu descobri o tricô.
Eu sempre amei mistérios de Agatha Christie, e um dia de janeiro eu estava ouvindo um audiobook de histórias Miss Marple. Como ela estava desembaraçando um assassinato horrível, ela estava tricotando junto e menciona o padrão: "2 purl, 3 plain ... sim, isso é certo." Eu pensei, o que diabos ela está falando? E fui e olhei para cima. Miss Marple criou um monstro!"
Daí algumas semanas atrás eu estava no Ravelry e vi essa foto aí embaixo que me chamou a atenção pela simplicidade. Não tinha receita e não obtive êxito em uma pesquisa por imagens semelhantes. Deduzi que era uma gola e contando as malhas supus que era um retângulo confeccionado em 26 pontos, dos quais 14 são costurados nas extremidades desencontradas. Fiz as duas primeira em fio Moonlight da Cisne e não deu tempo nem de fotografar tamanho foi o sucesso. Mas ficou lindo, eu garanto. E ficou quase igual ao que está aí em cima. E porque quase igual?
Essa foto pertence a http://www.ravelry.com/patterns/library/wham-bam-thank-you-lamb-neckwarmer com receita livre para baixar.
Por que a receita original não tem muito das minhas suposições. Nem é igual a da foto.

A minha receita, depois de muito espiar a fotinha:
Use um novelo de Moonligth e monte 18 pontos em agulhas 12. Teça em cordões de tricô até que sobre apenas para arrematar + cerca de 20cm para costurar. 
Costure os 8 pontos do lado direito da carreira inicial(montagem) nos 8 pontos do lado esquerdo da carreira final(arremate). 
O formato que eu mais gostei fica assim: 
Segure a parte mais estreita na palma de sua mão de frente para você, enfie pela cabeça, ajeito no pescoço e confira que charmoso fica.

A receita original chama-se Miss Sadie's Scarflette. 
E pelo que pude traduzir com meu inglês "miojônico":
São 26 pontos sim, confeccionados em agulhas número 15 em um fio que eu desconheço. 
Depois de tecer por quase 50cm, costura-se assim:
A lateral superior direita na lateral inferior esquerda 
Interessados e afiados no inglês podem conferir a coisinha fofa na íntegra AQUI
Achei uma outra foto linda no Ravelry que mostra a gola em uma proporção maior. 
Fiquei apaixonada e vou fazer um assim agora.
xxxx
Oi Hilda, ficou muito linda a sua gola. Obrigada por compartilhar. Vou tentar fazer uma.
Parabéns pelo blog, já estou te seguindo,bjos.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Para que serve uma agulha de tricô número 20? Update!

A gente sempre comenta  lá no armarinho que serve para matar um vampiro. Porque o mimo tem a mesma espessura de um cabo de vassoura  como estávamos comentando no facebook. Isso depois de Suzane, a Suh, ter postado essa coisa linda aqui: Uma blusa em maxitricô.

Não preciso nem dizer o quanto fiquei feliz, então em gratidão a essas meninas que me inspiram todas as madrugadas. Resolvi escrever uma receita do que supus ser esse maxitricô. Vamos nos arriscar?
Tenha um fio bem grosso Sugiro o Big ou Moonlight (Usei 2 novelos de Moonligth) da Cisne e agulhas número "20" , claro. E sim, vale tentar o Absolute também.
Monte 15 (18) pontos em suas agulhas número 20 . Tô quase escrevendo 21 pontos , porque não sou lá tão magrinha assim como essa moça aí. :P 
Mas aí na foto eu consegui contar 15, então são 15 para tamanho "P" e 18   pontos para um tamanho "M".
Faça 1 carreira em tricô e mais 6 carreiras em ponto jersey (meia pelo direito, tricô pelo avesso), sendo que a primeira carreira deve ser em meia.
Na oitava carreira, faça 1meia, *1laçada, 1 meia, 1laçada* termine a carreira com uma meia. Esses aumento são em apenas uma carreira.
Você colocou um aumento entre cada ponto meia certo? E obteve assim 29 (35) pontos.
Então vai tricotar esses 29 (35) pontos por mais 6 (8) carreiras. Na sétima (nona) carreira depois desses aumentos, tricote em meia 13(15) pontos. Sobre os 3 (5) pontos centrais seguintes trabalhe da seguinte forma:
 Deixe cair da agulha um ponto e arremate o próximo;
 deixe cair da agulha um ponto e arremate o próximo;
deixe cair da agulha um ponto e arremate o próximo. Termine a carreira com os outros 6 pontos em meia que restar
Sobram assim 13 (15) para cada lado e você formou um decote. 
Essa é a hora que você pensa assim: 
Deu errado, essa tal de Hilda é doida! Tem 3 pontos soltos bem no meio desse tricô, gentem!!!
Tenha fé e prossiga!
 Tricote cada lado separadamente por mais 3 carreiras contadas pelo direito e avesso e arremate cada lado assim: 
1 meia, derrube um ponto, 1 meia, derrube um ponto, até ao final arrematar a última meia.  
hora do truque de mágica:
Estique o  seu tricô passando a mão de cima para baixo pelas malhas, para que esses pontos que você soltou da agulham cedam e voilá: 
Os pontos dobram de tamanho!
Faça a parte das costas retas, sem a parte do decote apenas soltando os aumentos antes do arremate para que o tricô cresça nas costas também e costure nas laterais.
 Na parte onde você teceu com mais pontos ou seja naqueles aumentos, proceda utilizando a técnica do tricô mágico explicada AQUI, EM VÌDEO.  O vídeo termina AQUI
 Outra sugestão é derrubar um ponto entre cada ponto mantendo os pontos em meia na agulha e costurar os ombros em  grafting.
Obrigada, Suzane.

Amigas, ainda estou testando essa receita. A publicação ainda requer uma atualização, ok? Um abraço.
P.S. : Deu certo, vou postar as fotos da experiência.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Tabela de símbolos de crochê do inglês para o português


Prestando um serviço de utilidade pública a comunidade crocheteira.



quarta-feira, 13 de junho de 2012

Cachecol de babados feito com os dedos

Cachecol rendado tricotado com a técnica do tear de dedos. Você não precisa nem saber tricotar para fazer uma peça linda e com muito estilo. Usei o fio Sensual Bilro, da Círculo.
Outras opções com efeito igualmente lindo, são: 
Sensual Crochê, Sensual Pompom, e Sensual Classe. Como esses fios têm a trama da renda um pouco mais fechadinha, pegue uma alcinha sim, outra não, para que o babado fique bem definido. Dobre o resultado de um novelo ao meio no sentido do comprimento e prenda com pontinhos invisíveis a trama em meia e sem babados. Isso vai deixar seu cachecol mais encorpado e com babados dos dois lados. Use também como aplicação naquela peça de roupa absolutamente sem graça que você encostou no fundo do armário. Com um pouco de criatividade, você customiza uma camiseta básica ou dá uma repaginada em um casaco. São muitas as possibilidades. Divirta-se!  

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Gravata em tricô


Costumo usar fio Elegance, Acalanto ou um outro qualquer que tenha 200 metros e seja compatível com agulhas número 6. É preciso também alfinete de tricô e marcadores (ou um pedacinho de linha de outra cor).
Comece montando 3 pontos. Faça uma carreira em tricô.
A partir da segunda carreira, aumente assim:
 Tire um ponto sem fazer em tricô (o tal do ponto de borda), aumente com 1 laçada cruzada, 1 tricô, 1 laçada cruzada, 1 tricô final. Note que os aumentos ocorrem depois do primeiro ponto e antes do último, sempre na mesma carreira.
Carreiras ímpares: em tricô, respeitando o ponto de borda e fazendo as laçadas em tricô.
Carreiras pares: Aumente como na segunda carreira até obter 31 pontos.
Após os aumentos marque essa carreira  com um fio de cor contrastante (ou marcador mesmo) e trabalhe por mais 15 cordões de tricô contados dos dois lados do trabalho.
Use um alfinete para dividir os pontos e fazer o encaixe da gola assim: *1 ponto na agulha em tricô, 1 ponto sem fazer no alfinete, 1 ponto meia na agulha, 1 ponto sem fazer no alfinete;* Repita de *a * até ficarem metade dos pontos na agulha e a outra metade reservados no alfinete.
Trabalhe essa parte que está na agulha  em ponto de barra 1/1 por 6 cm e corte o fio. Reserve no alfinete, emende o fio e trabalhe a outra metade da mesma forma.
É hora de juntar os pontos outra vez. Então faça em ponto tricô, 1 ponto da agulha, outro do alfinete, simultaneamente até que estejam novamente os 31 pontos na agulha.
Teça em cordões de tricô por 35cm.
Tricote os pontos de 2 em 2 (exceto o ponto central), para estreitar a parte que se abotoa a gola.
Teça esses 16 pontos em ponto de barra 1/1 por 6 cm.
Aumente 1 ponto entre cada ponto usando uma laçada cruzada. E você obtém assim 31 pontos novamente.
Teça por 15 cordões de tricô contados no direito e avesso.
Após isso diminua para formar a outra ponta.
No direito: 1 ponto sem fazer  em tricô, 2 pontos juntos em tricô, 27 pontos, 2 pontos juntos em tricô, 1 tricô final.
No avesso: em tricô.
E diminua assim até que restem apenas 3 pontos que devem ser arrematados de uma só vez. 
Arremate e corte os fios que sobrarem. Está pronta sua gravata, agora é só desfilar toda charmosa.
Para Vivianne Montaner.

Essa fiz para a filhotinha. Enfeitei com flor de  crochê.


Do site da Martha Stewart. Mas nas que teço, prefiro que essa ponta seja maior.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Colete de crochê

Quem não é apaixonada por um colete de crochê?
Esse é um dos mais lindos que já vi. 
E se multiplica em formas charmosas de usar, vejam:



 Como fazer? Um bloco de ponto altos e carreiras de ponto leques em volta.
 Quanto mais carreiras de leques, mais mais bonita ficará a gola.
Aprenda o ponto alto AQUI.
E o ponto leque AQUI TAMBÉM.

domingo, 3 de junho de 2012

Gorro em tricô para bebês estilo aviador

Um gorro muito fofinho que já teci várias vezes.
Você pode tecer com os aumentos aparentes, sem cruzar a laçada, formando furinhos. Ou com aumentos invisíveis. Com listras estreitas de duas voltas ou carreiras, também fica muito bom.
Confira os detalhes da receita abaixo das fotos.
As que teci:



As que serviram de inspiração:




Essa foto pertence a www.saidonia.etsy.com

Use 100 gramas ou 200m de um fio equivalente a agulhas número 4,5 ou 5,0. Pode ser que sobre, viu? 

Você vai precisar de agulhas retas para tricô; agulhas circulares medindo 40cm; marcador para agulha circular (pode-se usar uma argolinha feita em fio fininho e de cor contrastante); agulha de crochê número 3,5 e agulha para costurar tricô ou de tapeçaria. 

Monte 99 pontos na agulha reta. Faça 3 cordões de tricô. Isso equivale a 6 carreiras de tricô executadas pelo direito e avesso simultaneamente. A 6ª carreira dessa sequencia deve ser usada para transferir os pontos da agulha reta para agulha circular. Use o marcador para separar o 1º ponto do último. E divida os pontos da seguinte forma: 
1 ponto em meia, 1 laçada cruzada, 14 ponto em meia, 3 pontos juntos em meia, 14 pontos meia, 1 laçada cruzada, 2 pontos em meia, 1 laçada cruzada, 14 pontos em meia, 3 pontos juntos em meia, 14 pontos em meia, 1 laçada cruzada, 2 meias, 1 laçada cruzada, 14 meias, 3 pontos juntos em meia, 14 meias, 1 laçada cruzada, 1 meia. 
*(Laçada cruzada é o famoso aumento invisível que a gente usa quando não quer deixar buraquinhos.) 
A próxima carreira deve ser trabalhada em ponto meia se você usar agulhas circulares (essa carreira corresponde ao avesso). 
Se você usar agulhas retas durante toda a receita, trabalhe a sequência de pontos no direito e o avesso em tricô. 
Daí em diante, em uma sequencia de 10 repetições deve-se fazer a carreira de aumentos (laçadas) e diminuições (3 pontos juntos em meia) e a seguir a carreira só em ponto meia. 
Após os 10 aumentos de altura e as respectivas diminuições, deve-se continuar o trabalho seguindo só com as diminuições e as carreiras em ponto meia, o que resulta em 20 diminuições na altura inteira do trabalho. 
Após a última carreira em ponto meia, pode se observar um afunilamento da peça por conta das últimas 10 diminuições. É hora então de fechar a parte de cima. Use a a agulha de tapeçaria municiada de uns 30 cm aproximadamente dobrado ao meio. 
Passe esse fio por dentro dos pontos que sobraram e dê um nó arrematando na parte de dentro da touca. Corte as sobras do fio bem rente ao nó ou se preferir passe a agulha entre a trama para embutir a sobra de fio. 
Corte 2 pedaços de fio medindo 3 metros cada. Dobre cada fio ao meio. A partir da altura do segundo cordão de tricô e bem no meio da raia formada pelos 3 pontos juntos que fizeram com que se formassem o tapa-orelhas, prenda o fio dobrado e faça uma trança de correntinhas de crochê até ao final do fio. Repita a operação do outro lado. Também  vale muito fazer dois cadarços de i-cord, fica mais bem acabado. 
Finalize fechando com uma costura invisível a abertura formada pelas 5 carreiras iniciais. Está pronta a sua touca. 
Fiz para adultos, mas para um bebê fica a coisa mais linda. Use cálculos de amostra para mudar os tamanhos de acordo com as tabelas disponíveis na internet.
Gostou? Então curta, comente e compartilhe.