quinta-feira, 26 de março de 2015

Boina em tricô zigzag - Chevrons ou Ripple


Chevrons ou Ripple, é a técnica de trabalhar com listras incrementadas por aumentos e diminuições causando esse efeito em zigzag, muito apreciado pela marca Missoni.
Para a amostra do ponto:
Em um número de pontos múltiplo de 10, mais os pontos de borda.
Carreira 1: *1 ponto em meia, 1 aumento levantado, 3 pontos em meia, 
um mate duplo central (pode se fazer 3 pontos juntos em meia também), 3 pontos em meia, 1 aumento levantado.* 
Carreira 2 e todas as pares: em tricô. No caso da boina, em que teci em agulhas circulares, faça uma volta toda em ponto meia a cada volta com aumentos e diminuições. 
 
A montagem é feita em 80 pontos, em agulha 4 circular de 40 cm. Escolha uma cor para intercalar entre as listras, ou apenas para começar e terminar. Após isso, você está livre para criar.
 Teça esses 80 pontos em barra 1/1 torcida, por 4 centímetros.
Distribua 40 aumentos em uma volta, ou seja, de 2 em 2 pontos. Resultam em 120 pontos, esses aumentos. 
Teça mais uma volta para estabilizar os aumentos e comece o ponto na volta seguinte, dividindo da seguinte forma:*1 aumento levantado, 3 pontos em meia, 
um mate duplo central (pode se fazer 3 pontos juntos em meia também), 3 pontos em meia*(repetir de *a* até o final da volta).  
Utilize um marcador antes do primeiro ponto. Teça mais duas voltas com essa mesma cor.Troque o fio a cada quantas carreiras desejar, brinque com os efeitos. 
Após 25 cm de tecido, pare de aumentar e apenas diminua, a cada duas voltas. É bom usar para as diminuições, as agulhas de duas pontas, DPN's.
Quando restarem poucos pontos, passe um fio usando agulha de tapeceiro por dentro dos pontos. Amarre, arremate as pontas dos fios, enfeite com um pompom graúdo. 
Quero saber se você teceu alguma receita que eu tenha postado, então me conte sua experiência escrevendo para coisasdehilda@gmail.com e se quiser me mandar fotos, melhor ainda. 
Se gostou, curta, comente e compartilhe.
Bons tricôs!

terça-feira, 17 de março de 2015

Faixa de cabelo em crochê


Diagonale é uma técnica em crochê, em que se começa e se termina a peça de um modo diferente.
E veio bem a calhar nessas faixas de cabelo.
 
O segredo é começar os aumentos como o gráfico abaixo indica, atingir a largura desejada e diminuir em seguida como mostra o gráfico. O que fiz depois foi uma carreira de ponto caranguejo e  um cordão torcido.
está pronta sua faixa.
Mas não pare na faixa, a técnica oferece muito mais.
Esse gráfico é de uma manta que a Lucile, de Crochet et Compagnie fazia e doava para criancinhas. Mantas muito bonitas e caprichadas, coloridas. 
Interessante como ela combinava as cores, um deslumbre eu tenho até hoje, com as imagens.
Abaixo o começo de uma carteira que fiz com a técnica e não fotografei o processo inteiro. Fora isso, você pode tecer quadrados perfeitos de qualquer tamanho, aumentando até a medida desejada e diminuindo logo a seguir, como Lucile fazia em suas mantas.
E AQUI, uma outra técnica com o mesmo nome e igualmente interessante.
Gostou?
Então curta, comente e compartilhe.
Obrigada.

terça-feira, 3 de março de 2015

O bolinho amarelinho com quadradinhos da vovó - Granny Square

Receita constante em minha cozinha e que agrada tanto aos grandes quanto aos pequenos, o bolinho amarelinho é fácil de fazer e econômico nos ingredientes. É um bolo de laranja bem perfumado, colorido com cenoura, que apesar de simples é muito perfumado e saboroso. E ao compartilhar a receita, aproveito para mostrar o pano de copa feito com quadradinhos da vovó, feito pela a caprichosa Vanda, em agulha número 6 e fio compatível.
Vamos à receita, aos ingredientes:
01 laranja pera inteira (com casca, sem sementes e cortada em pedaços pequenos);
1/2 cenoura cortada em pedacinhos ( para colorir de forma natural e nutritiva);
100 ml de óleo de soja (ou milho, canola, você escolhe)
01 colher das de sopa de manteiga ou margarina ( ou uma pitada de sal, se preferir);
03 ovos;
03 xícaras de farinha de trigo misturadas com 2 xícaras de açúcar. 
01 colher das de sopa de fermento em pó químico.

Modo de preparo:
Bata os 05 (cinco) primeiros ingredientes em liquidificador por 10 minutos.
Despeje essa emulsão sobre a mistura de farinha com açúcar, mexendo bem, até incorporar o líquido á massa, formando um creme bem encorpado.
Misture por último o fermento e leve para assar por aproximadamente 40-45 minutos em forno pré-aquecido. 
Sugestão da turminha: bolo quente com leite gelado.
O pano de copa tem dois barrados, um em cada lado mais estreito (44 x 78), compostos por quadradinhos multicoloridos, presos na última carreira, que é feita em fio branco, o mesmo usado no caseado em crochê, feito em toda a volta do paninho.
Uma sugestão bem legal para um mimo de última hora em chás de panela,de casa nova, visitinha e tals.
Já vi outros  paninhos de copas com usando o granny square em proporções mínimas e coloridas. 
Então sugiro que apanhe suas sobrinhas de fios e tente algo bem colorido e divertido. 
Tanto no bolo, como no crochê em quadradinhos, fazendo com amor, o resultado será sempre delicioso.
Gostou?
Então curta,comente e compartilhe.