quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Eu só sei fazer a correntinha!

É com frequência que escuto isso de quem quer aprender crochê.
Se você acha que sabe apenas a correntinha do crochê e quer avançar no assunto, saiba que a tão subestimada correntinha é quem define a altura, largura e profundidade do crochê.
Deixemos de lado os diminutivos e vamos ao entendimento do quão abrangente é o assunto: 
Corrente de base do crochê.
De base?
Sim, salvo exceções de algumas técnicas que pretendo mostrar posteriormente, a corrente define a uniformidade da altura também e o sucesso do seu projeto. Atente bem para os inícios de carreiras, pois na hora de levantar carreiras, algumas bordas podem ficar indisfarçáveis se não for levada em conta a contagem correspondente de cada altura.
Pela legenda, você pode identificar os sinais mais encontrados em revistas e outros lugares. É bem importante decorar os sinais para ficar craque nos gráficos. 
  1. Ponto Baixo: 1 correntinha na lateral ou em começo de carreira corresponde a altura de 1 ponto baixo 
  2. Meio Ponto: 2 correntes então, correspondem a altura do meio ponto. 
  3. Ponto Alto: 3 correntes ficam exatamente da mesma altura de um ponto alto. 
  4. Ponto Alto Duplo: Ao levantar ou iniciar uma carreira com ponto alto duplo, são necessárias 4 correntes. 
  5. Ponto Alto Triplo: 5 correntes, é o que você precisa para levantar e começar a carreira de pontos altos triplos. 6 correntes ou mais eu nunca tentei, mas fique à vontade, quem sabe você não acaba inventando um ponto novo ou descobrindo uma textura interessante?
  6. Se gostou, curta, comente e compartilhe. 

Nenhum comentário: