Postagens

Tapete para minha mãe em ponto alto sobreposto

Imagem
Pronto!  O tapete de madame já está na porta, a dívida já tá paga, mas pode ser que nunca mais faça outro tapete desses na minha vida, demorei demais a terminar, acho que por ser uma técnica repetitiva e por ter ficado um pouquinho maior que eu planejava.
Mas há quem faça isso rapidinho, com um pé nas costas e ainda produza em série.  Misturei restos de barbante e acrílico, para que não ficasse um tapete impossível de lavar, ainda assim ficou bem pesadinho.  Embora compensa muito pelo toque dos pés, ao pisar. Medi 1,5 cm de altura.  Para fazer um igual, e peças com a mesma técnica, visite o canal da Sônia Maria. Há uns anos atrás, trocamos umas figurinhas  bem aqui, começando por aqui.
Pra dar certinho, preenchi a tela de fora para dentro. Fica mais fácil. Abraços, bons crochês.

Manta de bebê em ponto ajurado

Imagem
DPN's número 6, agulhas  circulares de 40cm a 1,20  cm; Dois pacotes com 5 novelos de Bebê Keamor, da Pingouin. o fio é usado duplo, 3 marcadores de cor igual e um de cor diferente, para marcar o começo de carreira.


Existe uma variedade de pontos ajurados com a mesma quantidade de pontos múltipla de 10+1. Teça amostras e varie o tecido e tamanho. As amostras que usei para essa manta foram todas baseadas na mesma contagem de pontos:

1ª carreira:1 ponto em tricô, 1 ponto em meia, *1 laçada, 1 ponto em meia, uma laçada, 3 pontos em meia, 3 pontos juntos em meia, 3 pontos em meia*; Repetir de *a*; 1 ponto em meia, 1 ponto em tricô.

Möebius com fios improváveis

Imagem
A tentativa de fazer peças únicas e acabar com o estoque obsoleto de fios resultou em algumas peças surpreendentes nesse último "inverno". Teci Möebius até com pompom, e lhes posso garantir que gostei da experiência. Pompom com Oveja e peluche.
Esse pompom de minhoca que não lembro o nome, mas que tem um toque delicioso. Também uma Gola Infinity com uma fio "chunky fabricado" com as sobras que estavam por aqui.

Bons tricôs por aí.



Bolo de Fubá com Beijinho de Côco

Imagem
4 ovos 1 xícara (chá) de açúcar 2 colheres (sopa) de manteiga 100 ml de óleo 100 ml de leite 1 xícara (chá) de fubá 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 1 colher (sopa) de fermento químico 1 lata de leite condensado 1 e 1/2 xícara (chá) de coco ralado 1 colher (sopa) de erva doce
Modo de preparo:
No liquidificador, bata os ovos, o açúcar, a erva doce, 1 colher (sopa) de manteiga, o óleo, 1 xícara (chá) de leite e 1/2 xícara de côco ralado.
Misture o fubá, a farinha e o fermento em pó. Incorpore a mistura batida a essa dos pós, até conseguir um resultado homogêneo.
Coloque em uma forma com furo central untada e polvilhada com fubá.
Asse no forno médio, a 180 °C, preaquecido, durante 45 minutos ou até que, espetando um palito, ele saia seco.
Para fazer a cobertura, em uma panela, misture o leite condensado, 1 1/2 xícara (chá) de leite, 1 colher (sopa) de manteiga e  1 xícara de côco ralado.
Leve ao fogo brando (160 ºC), mexendo sem parar até começar a engrossar.
Cubra o bolo ainda quente.

Bolo sem açúcar, sem farinha e sem leite!

Ingredientes
4 bananas maduras ½ xícara de óleo ou azeite 4 ovos 2 colheres de linhaça previamente hidratada em um copo americano de água por 30 minutos (opcional) 1 xícara de flocos de aveia 1 xícara de flocos de arroz 1 xícara de uvas passas 2 colheres (sopa) de fermento em pó Canela a gosto
Modo de preparo
Bata no liquidificador, a linhaça, os ovos e o óleo e a canela até virar uma mistura homogênea. Adicione as uvas passas, as bananas e bata mais um pouco. Em seguida despeje essa mistura sobre a aveia, flocos de arroz, e o fermento previamente misturados. Coloque a massa em uma forma untada com manteiga e farinha de aveia ou flocos de arroz, e leve ao forno para assar a 180º por 35 a 40 minutos. Uma boa dica é incorporar à massa, pequenos pedaços de maçã.

Gorro Kids de Girafa

Imagem
Use um novelo do fio Gorro Kids da Círculo que é  equivalente a agulhas número 6,0. Pode ser que sobre. Você vai precisar de agulhas circulares medindo 40cm;  marcador para agulha circular (pode-se usar uma argolinha feita em fio fininho e de cor contrastante);  agulha de crochê número 4,5 e agulha para costurar tricô ou de tapeçaria. 
Monte 75 pontos em agulha circular. Use o marcador para separar o 1º ponto do último. 
Teça 3 cordões de tricô nas primeiras 6 carreiras. Então divida os pontos da seguinte forma:
Marcador;  1 ponto em meia, 1 laçada cruzada, 10 pontos em meia, 3 pontos juntos em meia, 10 pontos meia, 1 laçada cruzada, 2 pontos em meia, 1 laçada cruzada, 10 pontos em meia, 3 pontos juntos em meia, 10 pontos em meia, 1 laçada cruzada, 2 meias, 1 laçada cruzada, 10 ponto em meia, 3 pontos juntos em meia, 10 pontos em meia, 1 laçada cruzada, 1 meia.  *(Laçada cruzada ou torcida, é o famoso aumento invisível que a gente usa quando não quer deixar buraquinhos. Mas você pode usar um au…